Churel
Mitologia

Churel


۞ ADM Sleipnir



Churels, de acordo com a mitologia hindu , são os fantasmas de mulheres muito infelizes que morreram durante o parto, ou quebraram algum tabu religioso. Embora em alguns casos, uma Churel possa simplesmente surgir a partir de uma morte natural. Embora existam muitas maneiras de se prevenir e evitar o nascimento de uma Churel, o método mais simples é o de impedir a sua criação. Isso pode ser feito cuidando das mulheres durante o período da gestação.

No entanto, se uma mulher tiver morrido nessas condições, como forma de precaução, muitas vezes são tomadas algumas medidas durante o processo de sepultamento. Por exemplo, quatro hastes são colocados nos quatro cantos da cova onde o cadáver será enterrado, e flores vermelhas são plantadas nas proximidades. Outras táticas para impedir um Churel de sair de seu túmulo incluem amarrar o cadáver e perfurar o polegar e partes dianteiras dedos do cadáver com pregos. Em casos mais extremos , o local do enterro deve ser exorcizado .

No caso da criação de uma Churel não puder ser evitada, as pessoas podem distrair o fantasma, espalhando sementes ao redor do cadáver, pois acredita-se que o fantasma irá se distrair contando-as, e por sua vez , será incapaz de ir atrás de alguém.

A Churel costuma se manifestar como uma bruxa incrivelmente feia, com o cabelo despenteado , seios caídos , e uma longa língua negra. Em alguns casos, ela é representada sem boca e seus pés podem estar virados para trás, de forma semelhante ao Curupira. Ela tem sido descrita também usando um vestido vermelho ou branco, representante de qualquer uma viúva ou noiva. Algumas interpretações a ilustram como tendo a cara de um porco, cheia de presas, e possuindo a capacidade de se transformar em uma bela jovem, a fim de encantar e iludir os homens , para no fim sugar o seu sangue .



Na verdade, a qualidade mais notável de uma Churel é o seu desejo por sangue, especialmente de jovens. Começando pelos homens que conhecia na vida, a Churel vai passear, sugando o sangue de todos os homens com que ela se depara. Dizem que ela não drena só o sangue das suas vítimas, mas, em alguns casos, o sêmen também, e mais importante, a sua juventude,  transformando-os prematuramente em velhos grisalhos e fracos. Às vezes, a Churel irá capturar os homens com quem ela se depara, deixando-os em cativeiro até a velhice, tratando-os como simples objetos de prazer. A Churel é dito ser vista na maioria das vezes em torno de rios ou fontes, assim como em cemitérios, campos de batalha, e até mesmo sanitários.





loading...

- Baobhan Sith
۞ ADM Sleipnir Baobhan Sith (Baobhan Sidhe, Bavanshee, Baavan Shee ou "Mulher Branca das Terras Altas da Escócia") é uma espécie de vampira da mitologia escocesa, semelhante à Banshee ou a Leanan Sidhe. Encontradas principalmente nas regiões...

- Sundal Bolong
۞ ADM Sleipnir Sundal Bolong (ou Sundel Bolong) é um espectro/vampiro pertencente ao folclore indonésio-malaio. Seu nome significa "prostituta perfurada". É descrita como o espírito de uma prostituta que morreu enquanto estava grávida...

- Hone-onna
۞ ADM Sleipnir Hone-onna (骨 女, literalmente "mulher osso" ) é um yokai do folclore japonês. Como seu nome sugere, sua verdadeira forma é a de uma mulher esquelética. Sob o disfarce de uma bela mulher, ela atrai os homens inconscientes...

- Jiangshi
۞ ADM Dama Gótica O Jiangshi (Chiang-shih), é um tipo de vampiro zumbi ou cadáver reanimado que anda "pulando", presente em lendas chinesas.  Ele é geralmente descrito como um cadáver rígido vestido com vestes oficiais da dinastia Qing,...

- Draugr
۞ ADM Sleipnir O Draugr (Draug, Draugur, plural Draugar), também conhecido como Aptgangr, é um espírito demoníaco e vingativo, oriundo do folclore nórdico. O seu nome significa''fantasma'' na língua nórdica antiga....



Mitologia








.