Inti
Mitologia

Inti


۞ ADM Sleipnir




Inti é o antigo deus sol inca. Adorado como o deus patrono do Império Inca, ele é de origem mitológica desconhecida. A história mais comum afirma que ele é o filho de Viracocha, o deus da civilização.


Inti também era conhecido como Apu Punchau, que significa "líder do dia". Inti é representado como um disco de ouro com um rosto humano. Um grande disco de ouro representando Inti foi capturado pelos conquistadores espanhóis em 1571 e foi enviado para o papa. Desde então, sua localização foi perdida.



O sol é, talvez, o aspecto mais importante da vida, pois, ele provém o calor e a luz. Inti, portanto, também era conhecido como o "Doador da Vida". Ele era adorado principalmente por agricultores que dependiam do sol para receber boas colheitas. Embora fosse a segunda divindade mais reverenciada após Viracocha, ele recebia o maior número de ofertas. O Sapa Inca, o governante do povo, afirmava ter herança divina e descendência direta do sol, então era visto como o filho vivo de Inti.



O Willaq Umu era o sumo sacerdote do deus Sol. Sua posição o colocava como a segunda pessoa mais poderosa do reino. Em autoridade só estava abaixo do Sapa Inca, e eles eram muitas vezes irmãos. 

Lendas


Inti e sua esposa, Mama Quilla, a deusa Lua, eram geralmente considerados divindades benevolentes. Mama Quilla supostamente deu origem a Terra. De acordo com um antigo mito, Inti ensinou ao seu filho Manco Cápac e a sua filha Mama Ocllo as artes da civilização e eles foram enviados à Terra para transmitir esse conhecimento para a humanidade. Outro lenda no entanto coloca Manco Cápac como filho de Viracocha.


Inti ordenou que seus filhos construíssem a capital Inca sobre o local onde a cunha de ouro divino que eles levaram com eles penetrasse a terra. Os incas acreditavam que isso aconteceu na cidade de Cuzco. 

O Inti Raymi 



O festival de Inti Raymi, que homenageia o deus do sol, hoje atrai milhares de turistas a cada ano para Cuzco, a antiga capital do Império Inca. O último Inti Raymi com a presença do Sapa Inca, foi sido realizado em 1536, e o festival foi proibido no ano de 1572, pelo então vice-rei Francisco de Toledo, por ser considerada uma cerimônia pagã e contrária à fé católica. O festival continuou a ser realizado de forma clandestina até o ano de 1944, quando passou a ser novamente um evento público e anual.

O Inti Raymi é realizado durante o solstício de inverno, que na época do Império Inca ocorria em torno de 24 de junho. O festival é realizado na cidade de Cuzco, contando com pessoas de várias partes do país. No idioma quechua, Inti Raymi, significa "ressurreição do sol" ou "o caminho do sol." 





loading...

- Illapa
۞ ADM Sleipnir Illapa ("relâmpago" em quechúa, também conhecido como Ilyap'a ,Apu-Illapu, Ilyapa, Iyapa, Katoylla) é o deus inca que controla os fenômenos meteorológicos (raios, chuvas e tempestades). Ele é muitas vezes confundido ou fundido...

- Mama Cocha
۞ ADM Sleipnir Mama Cocha ("mãe do mar" em quechúa; também Mama Qocha, Cochamama) é a deusa inca das águas, irmã e consorte do deus criador Viracocha e mãe de Mama Quilla, (deusa da lua) e de seu irmão/marido Inti (deus do sol). Ela...

- Chasca
۞ ADM Sleipnir Chasca (ou  Ch'aska) é a deusa inca da aurora e do crepúsculo e também personifica o planeta Vênus. Juntamente com seu consorte, o deus sol Inti, ela usa a luz para iluminar os brotos no solo e fazê-los se...

- Viracocha
۞ ADM Sleipnir Viracocha é o grande deus criador da pré-Inca e da mitologia Inca na região andina da América do Sul. O nome completo e algumas alternativas de ortografia são Wiracocha,  Apu Qun Tiqsi Wiraqutra, e Con-Tici (também escrito...

- Manco Capac
#ADM Sleipnir Na mitologia inca, Manco Capac foi o fundador de sua nação e um herói cultural que colocou os Incas no caminho para a glória. Existem várias versões de sua história. A fonte mais conhecida, "Os Comentários Reais dos Incas" por...



Mitologia








.