Kuchisake-onna: ?A mulher de boca cortada?
Mitologia

Kuchisake-onna: ?A mulher de boca cortada?




Kuchisake-onna ou Kuchisake Onna, ?Mulher de boca cortada?, é a personagem de uma assustadora lenda urbana japonesa sobre uma mulher desfigurada que vaga pelas ruas do Japão atrás de crianças.

Diz-se que sua imagem mais comum é de uma mulher muito bonita, alta e com longos cabelos negros. Geralmente aparece trajada com um longo casaco e portando uma enorme tesoura. Todas as versões a descrevem usando uma máscara cirúrgica que lhe cobre a parte inferior do rosto, semelhante às máscaras que os japoneses normalmente usam para proteger-se de doenças.

Contam que a máscara esconde o enorme corte na boca que se estende de orelha a orelha. Algumas versões afirmam que ela possuiu muitos dentes afiados, que são exibidos quando abre o horripilante sorriso.

Quando Kuchisake-onna acha sua vítima, ela pergunta: ?Watashi kirei?? (Você me acha bonita?), se a vitima responder sim, ela retira a máscara e pergunta: ?Mesmo assim??.

Na língua japonesa, ?kirei? quer dizer bonita e ?kire? é o imperativo do verbo cortar, ambas as palavras produzem sons parecidos.

Dizem que antes de a vítima responder a pergunta, Kuchisake-onna arranca a máscara para revelar sua enorme boca cortada, que ao abrir revela seus dentes afiados e uma grande língua vermelha contorcendo dentro da assustadora boca.


?E agora, você ainda me acha bonita??, pergunta a terrível mulher. Se a vítima der ?não? como resposta, terá a garganta degolada, e se disser ?sim? terá o mesmo fim.




Algumas versões contam que ela mata suas vítimas cortando não só garganta, mas também a boca, de orelha a orelha, ou separa a cabeça do corpo.

Acredita-se que a única maneira de ter alguma chance de sobreviver é dar uma resposta não comprometedora como, por exemplo: ?Você é mais ou menos bonita?, o que deixará a Kuchisake-onna confusa, tempo suficiente para a vítima tentar fugir.

Existem diversas versões de como Kuchisake-onna teve a boca cortada. Alguns dizem que foi o resultado de uma cirurgia plástica mal sucedida. Outros contam que ela foi vítima de um terrível acidente de carro. Existe também a versão de que ela é o espírito de uma doente mental que fugiu de um hospício e, de tão demente, cortou a própria boca.

De acordo com uma lenda, anos atrás, no Japão, vivia uma mulher muito bonita e extremamente vaidosa. Seu marido era um homem muito ciumento e violento. Certo dia, ele ficou convencido de ela o estava traindo e, num acesso de raiva, pegou uma faca e cortou a boca da esposa de orelha a orelha. Depois ele gritou: ?Quem agora irá achar que você é bonita?. A partir de então, a mulher se tornou um espírito vingativo e passou a vagar pelas ruas em busca de pessoas que fossem bonitas, de preferência crianças, para fazer com elas o mesmo que o marido lhe fez.

Contam que a lenda de Kuchisake-onna surgiu no verão de 1979, quando boatos começaram a se espalhar por todo o Japão sobre relatos de uma mulher com a boca cortada perseguindo crianças. A história se espalhou como vento, chegando a deixar diversas cidades do País em estado de alerta. Na época, a polícia aumentou as patrulhas em escolas e pediu aos professores para acompanhar os alunos até suas casas. As crianças passaram a andar somente em grandes grupos, uma ação que perdurou por um longo período.

Em 2004, a Coreia do Sul foi assolada por denúncias sobre uma mulher usando máscara e vestida de vermelho, perseguindo crianças.

Em 2007, um médico legista encontrou alguns registros sobre uma mulher mascarada que perseguia crianças da década de 1970. Entretanto, ele morreu atingido por um carro logo depois do registro ser divulgado. O curioso é que o encontraram com a boca rasgada de orelha a orelha.

Filme ?Kuchisake-onna? do diretor Koji Shiraishi


Essa lenda urbana ganhou popularidade internacional no mesmo ano em que os registros do legista foram divulgados, mas o maior motivo foi devido ao lançamento do filme ?Kuchisake-onna?, dirigido por Koji Shiraishi. O elenco contou com Eriko Sato e Haruhiko Kato. Na Coreia do Sul, segundo a Base de Dados de Filmes na Internet (IMDb, Internet Movie Database), a restrição de idade foi de 18 anos, enquanto no Japão a faixa etária era 12.

Kuchisake-onna também aparece em diversos mangás, animes e Live Action . O anime em que apareceu com mais destaque foi ?Gakkou no Kaidan? (Histórias de Fantasmas).

Mangá Kuchisake-onna Densetsu

Gakkou no Kaidan, um anime de 20 episódios, foi criado em 2000 pelo estúdio Aniplex e o Estúdio Pierrot, para a Fuji Television, baseado em uma série de livros de Toru Tsunemitsu. Apesar de a série ter gerado polêmica devido ao conteúdo considerado de extrema violência, entre outros fatores, foi exibida pelo Cartoon Network para toda América Latina, em outubro de 2005.


Fonte - Mundo-Nipo



loading...

- 10 Lendas Urbanas Japonesas Realmente Assustadoras
Os filmes de terror japoneses são, sem sombra de dúvidas, os mais assustadores. Isso porque as lendas urbanas que surgem no Japão são de fazer arrepiar os cabelos e acabam até mesmo tirando o sono daquelas pessoas mais medrosas. São histórias que...

- Hari- Onna
Hari- onna é um youkai que possui a forma de uma bela mulher de cabelos longos. Apesar de parecer uma mulher comum ela é extremamente perigosa. As pontas do cabelo de Hari- onna são extremamente afiadas e manipulando os fios ela consegue abater...

- The Snake Woman (nure-onna)
Nure-Onna poderia se considerar a versão japonesa da Iara  ou das sereias . Tal como essas personagens do imaginário brasileiro e do navegantes do mar, Onna é uma criatura parte mulher parte cobra que atrai sua vitimas seduzindo por usa beleza,...

- Yuki-onna
۞ ADM Sleipnir Yuki-onna (jap: 雪女, literalmente "mulher de neve") é um espírito/yokai feminino de neve e gelo no folclore japonês. Geralmente vista em áreas remotas à noite, durante tempestades de neve, ela é descrita como uma mulher...

- Futakuchi-onna
#ADM Sleipnir A Futakuchi-onna ("mulher de duas bocas") é uma mulher aflingida por uma maldição ou uma doença sobrenatural que a transforma em um yokai. Na parte de trás de sua cabeça, debaixo do cabelo, o crânio se divide, formando lábios,...



Mitologia








.