Naita Aka-Oni
Mitologia

Naita Aka-Oni



Era uma vez um monstro que se chamava "ONI" vermelho que morava sozinho numa casa no pico duma montanha. Era simpático e dócil. Queria ser amigo das pessoas da vila e desejava viver amigavelmente com elas. Mas, ele tinha uns chifres na cabeça e a sua cara era feia e terrível. Portanto, as pessoas da vila tinham medo e não se aproximavam da sua casa.
Um dia, o oni vermelho fez uma placa de aviso.

"Aqui, vive um oni vermelho que é muito simpático. Venham visitar a casa. Venham brincar comigo. Tenho uns bolos bons e também tenho chá bom."

O oni vermelho esperava visitas com muita expectativa.
Nesse momento, dois agricultores, depois de lerem a placa, decidiram visitá-lo. O oni vermelho acolheu-os bem. Mas eles tinham dúvidas.
- Este monstro vai enganar-nos.
- Provavelmente, vai comer-nos.
E fugiram para a vila.

O oni vermelho ficou desanimado, tirou a placa e deitou fora. Naquele momento, um oni azul foi a casa do oni vermelho.
- Ó meu amigo, oni vermelho, porquê é que estás zangado?
- perguntou o oni azul.

Depois de o ouvir, ele consolou-o.
-Tenho uma boa ideia. Eu vou à vila e faço coisas violentas. Então, tu atacas-me! Depois, as pessoas da vila pensam que tu és o oni bom. 
-disse ele.

Primeiro, o oni vermelho recusou com reserva. Mas, o oni azul levou-o à vila.

Depois de lá chegar, o oni azul entrou numa casa e fez coisas muito más. As pessoas na vila ficaram perplexas. Então, o oni vermelho apareceu e apanhou-o.

- Bate-me, oni vermelho! - sussurrou o oni azul.

- Não, não posso. - disse o oni vermelho.
- Não! Se tu não me bateres com força,
a nossa representação é descoberta!
- disse o oni azul.

O oni vermelho pediu interiormente desculpa e bateu-lhe com força.

Quando as pessoas da vila viram isto, sentiram que o oni vermelho era bom e simpático. Muitas pessoas da vila visitaram a casa do oni vermelho, ele fez muitos amigos e estava muito contente.

Uma semana passou e o oni vermelho começou a ficar preocupado com o oni azul, porque nunca mais se tinham encontrado depois da questão na vila.
Então, o oni vermelho decidiu visitar a casa do oni azul numa outra montanha.

A casa estava calma e a porta estava fechada.

- Não está aqui o oni azul? - pensou o oni vermelho.
E, viu uma carta na porta.

A carta dizia:
- Oni vermelho, vive amigavelmente com as pessoas da vila.
Nunca mais vou andar contigo.
Se continuar a andar contigo, talvez eles duvidem de ti. 
E isso não é bom para ti.
Portanto eu decidi partir daqui para uma viagem.
Mas, nunca te vou esquecer.

Do teu amigo, o oni azul.

O oni vermelho leu a carta repetidamente e apoiando-se na parede, continuou a verter lágrimas.

Autor: Kousuke Hamada



loading...

- Akkorokamui A Lula Gigante
Akkorokamui é um monstro em forma de peixe ou octopus do folclore Ainu, que supostamente habita na baía de Funka Bay em Hokkaid?. É dito que seu enorme corpo vermelho e incandescente pode ser visto de uma longa distância e que brilha ainda mais sob...

- Papel Vermelho/ Azul
Como toda boa lenda que se preze, esta tem muitas variações, mas basicamente o "conteúdo" é o mesmo: À tardezinha, um jovem vai ao banheiro antes de ir embora para casa (no Japão o horário das escolas é integral, ou seja, as crianças ficam na...

- Aatxe
۞ ADM Sleipnir Na mitologia basca, o Aatxe é um demoníaco espírito metamórfico, que geralmente toma a forma de um touro vermelho-fogo ou de um jovem. O Aatxe é identificado às vezes com outra figura basca conhecida como Etsai. Ele também...

- Papel Vermelho / Papel Azul
#ADM Sleipnir À tardezinha, um jovem vai ao banheiro antes de ir embora para casa (no Japão o horário das escolas é integral, ou seja, as crianças ficam na escola desde as oito da manhã até mais ou menos quatro, cinco da tarde). Após fazer...

- A Dama De Vermelho
۞ ADM Sleipnir Esta lenda, conhecida em todo o mundo, fala de jovem casal que estava muito feliz por estar podendo realizar todos os seus sonhos. Já moravam juntos há pouco tempo, tinham um pequeno filho de seis meses de idade, e tinham...



Mitologia








.