Onde Está Meu Filho?
Mitologia

Onde Está Meu Filho?


#ADM Sleipnir




Alguns anos atrás uma moça de vinte e oito anos estava internada em um hospital com câncer em estado avançado. Ela estava grávida de sete meses e meio quando a internaram pela última vez, seu marido havia morrido três meses antes em um acidente de carro. Ela cresceu em um orfanato em São Paulo e não tinha família. Os empregados do hospital se comoveram com sua história e todos faziam o possível para alegrá-la, porém nada adiantava. Sua tristeza pela solidão e o fato de que talvez nem conheceria seu filho pois o preço de dar a luz a criança poderia ser sua vida, e ela estava disposta a pagar.

Alguns dias depois de ser internada ela veio a falecer. Os médicos conseguiram salvar o bebê e o nomeou João, em homenagem sua mãe que se chamava Joana. Uma das enfermeiras do hospital começou com o processo de adoção do bebê, pois seu marido não podia ter filhos e ela viu a oportunidade para ter um filho, depois de quatro meses a adoção foi concedida.

A verdadeira mãe da criança parece que não se esqueceu do filho nem depois da morte. Laura (nome fictício da enfermeira que adotou o bebê) estava de plantão quando um paciente veio falar com ela.

Alguém tem que tirar aquela mulher do meu quarto”.

De que mulher o senhor esta falando?

Aquela doida que esta gritando comigo e perguntando “onde esta o filho?”.”

Laura foi até o quarto do paciente e não havia ninguém lá. Ela chamou o médico que disse que ele poderia estar alucinando e o sedaram. Quando ela voltou para seu posto seu telefone tocou, ela atendeu, seu corpo estremeceu de terror. A voz feminina vinda do outro lado lhe era conhecida.

Onde esta meu filho? Por que você o tirou de mim?” – questionava a voz chorosa do outro lado da linha.

Laura começou a rezar. O fantasma da moça a estava assombrando, mas nada adiantou. Outras pessoas começaram a relatar que haviam visto o fantasma.


O tempo passou e Laura continuava vendo e escutando a verdadeira mãe de seu filho. Os pacientes da ala de câncer também continuaram a ver as aparições. O hospital tentando encobrir disse que era efeito de um medicamento para câncer, mas a população daqui não acreditou. Meses depois mudaram a ala de câncer para um prédio novo, mas o fantasma foi junto e as pessoas continuaram a ver o fantasma. Laura se demitiu e nunca mais viu o fantasma da mulher. Mas dizem o hospital ainda continua assombrado. Vários empregados do hospital já a viram andando pelos corredores do hospital perguntando pelo filho, os pacientes dizem que escutam alguém tocar na porta, mas quando abrem não tem ninguém.





loading...

- Eu Quero Minha Aliança!
A lenda de hoje é sobre a fantasma de "Shizuko", que apareceu no anime 'Gakkou No Kaidan' (ela  tem uma ligeira aparência com Kayako, de O Grito) Bom, segundo a lenda, ela é o fantasma de uma mulher que ia se casar, mas foi atropelada...

- Zashiki Warashi
Há muito tempo, havia uma grande hospedaria na pequena vila de Hachinohe (atual prefeitura de Aomori), localizada no norte do Japão. Naquela hospedaria, havia vários quartos e um, na parte dos fundos, especialmente bonito, junto ao jardim interno....

- A Dama Negra De Bradley Woods
۞ ADM Sleipnir A Dama Negra de Bradley Woods é um fantasma que supostamente assombra a floresta perto da aldeia de Bradley, Lincolnshire, Inglaterra. Supostas testemunhas oculares descreveram-na como uma mulher jovem e bonita, em torno de 5'6...

- Kuchisake-onna
#ADM Sleipnir Kuchisake-onna era uma mulher linda. Esposa de um samurai ciumento, violento e líder da vila onde viviam. Por sua beleza ela era cobiçada por vários homens da vila que apesar de serem submissos ao seu líder não resistiam aos encantos...

- A Expressão
۞ ADM Dama Gótica Em junho de 1972, uma mulher apareceu no hospital CedarSenai, com nada mais que longas vestes brancas cobertas de sangue. Isso, por si só, não deveria ser tão surpreendente como muitas vezes as pessoas têm acidentes nas...



Mitologia








.