Ragnarök
Mitologia

Ragnarök


۞ ADM Sleipnir



Na mitologia nórdica, o Ragnarök  (que significa “Julgamento dos deuses”) é uma série de acontecimentos que culminarão no fim do mundo. O Ragnarök será a batalha final entre os deuses (Aesires e Vanires, sob a liderança de Odin) e os Jotuns, gigantes de fogo e os descendentes de Loki, seu líder. Essa batalha mortal acontecerá nas planícies chamadas Vigrid e irá devastar todos os nove mundos de Yggdrasil


O Prelúdio do Fim

Profecias sinistras e sonhos há muito prediziam a queda do cosmos e de seus deuses e deusas junto com ele. Quando o primeiro destes eventos profetizados aconteceu - o amado deus Balder foi morto por Loki e enviado para o submundo - os deuses tiveram que enfrentar o fato de que eles já não podiam escapar de seu destino trágico. Então eles começaram a se preparar tão bem quanto poderiam. Odin tomou uma grande quantidade de tempo e cuidado, selecionando os mais hábeis guerreiros humanos para acompanhá-lo na batalha final contra os gigantes do mundo devorador. Mas, no fundo, eles sabiam que todas as suas ações desesperadas serão em vão.

Em Midgard, o reino da civilização humana, as pessoas abandonarão as suas formas tradicionais, desconsiderando os laços de parentesco, e se afundarão em guerras e maldade. Três invernos virão em seguida, sem nenhum verão no meio, numa laboriosa e devastadora estação  de trevas e frigidez, que as profecias chamam de Fimbulwinter ("O Grande Inverno").

Seguido a esses eventos, o Sol e a Lua serão engolidos pelos lobos Skoll e Hati (os responsáveis pelos eclipses segundo a mitologia nórdica), e com isso um grande terremoto irá abalar a terra, libertando Loki de sua prisão e também muitos outros. A poderosa serpente Jomungarnd emergirá do mar turbulento e engolirá as planícies de Vigrid, enquanto ela sacode a cauda, causando enormes ondas e borrifando veneno em todas as direções. O lobo Fenrir vai se libertar de suas correntes para propagar morte e destruição. Mesmo a árvore do mundo,Yggdrasil, irá tremer diante da destruição.

Um belo galo vermelho chamado Fjalar ("O que sabe tudo"), irá alertar todos os gigantes que o início do Ragnarok teve início. Ao mesmo tempo em Niflheim , outro galo vermelho (que não possui um nome no conto) avisará a todos os mortos que a guerra começou. E também em Asgard, mais um galo vermelho, este chamado Gullinkambi, avisará todos os deuses


.

O perspicaz Heimdall, o vigia de Asgard, a fortaleza dos deuses, será o primeiro a visualizar um vasto exército de gigantes que se dirigirão para o reduto celestial. Entre a horda de Jotuns estará o deus Loki, ao leme do navio Naglfar, o "Navio dos Mortos". Heimdall soará a corneta Gjallarhorn, o" Chifre Retumbante ", e este será o aviso para todos no Valhalla de que a guerra começou.Todos os Einherjar (os guerreiros mortos recolhidos pelas valquírias) de Valhalla, irão se juntar aos Aesir e Vanir na luta contra os Jotuns. Odin equipado com seu capacete de águia e sua lança Gungnir, irá liderar o enorme exército de corajosos guerreiros no campo de batalha. Os Jotuns o farão juntamente com Hel, e todos os seus desonrosos mortos, velejando a bordo do navio Naglfar, que foi construído a partir das unhas de todos os mortos. Eles velejarão em direção ás planícies de Vigrid, que será o palco principal desta batalha. 

O Crepúsculo dos Deuses e a Renovação do Mundo


Os deuses lutarão bravamente até o fim. Thor e a serpente marinha Jormungand, mataram um ao outro, assim como Heimdall e Loki. Odin será morto por Fenrir, que por sua vez será morto por Vidar, filho e vingador de Odin. Tyr e o cão de guarda de Hel, Garm, vão matar um ao outro. Surtur irá matar Freyr, inofensivo sem sua espada mágica. Enquanto isso, o  dragão Nidhogg voará sobre o campo de batalha, e reunirá o maior número de cadáveres que puder para saciar sua fome sem fim.
Fenrir engolindo Odin
Freyr X Surtur


Fenrir x Vidar
No final, Surtur irá transformar todos os nove mundos, em um inferno de chamas e a devastada Midgard, afundará no mar e desaparecerá sob as ondas. A escuridão e o silêncio perfeito do vazio anti-cósmico, Ginnungagap, reinará mais uma vez. Não haverá nada que os deuses possam fazer para evitar o Ragnarök. O único consolo de Odin era que ele pode prever que o Ragnarok, não será o fim do mundo.



Somente um casal de humanos, chamados Lif e Lífthrasir, que encontrarão abrigo na árvore sagrada Yggdrasil, sobreviverão a hecatombe. E ao final da batalha, eles irão sair e povoar Midgard novamente. Poucos deuses irão sobreviver, dentre eles estão os filhos de Odin, Vidar e Vali e seu irmão Honir. Os filhos de Thor, Magni e Modi, herdarão o martelo Mjölnir de seu pai. E Balder e Hod voltarão do mundo dos mortos para se juntar ao novo panteão. Um novo sol e uma nova lua passarão a existir e deuses e homens passarão a viver em harmonia.

Possíveis Origens 

O Ragnarök tem sido tema de muitas controvérsias quanto à origem da sua narrativa, que só foi escrita mais tarde, após a cristianização do mundo nórdico. Muitos especialistas argumentam que os seus textos de caráter profético sobre o fim do mundo são inspirados em temas bíblicos como o Juízo Final, o Apocalipse, o fim do mundo de acordo com as teorias milenaristas, e o Eclesiastes. É feita também a comparação com outras narrativas mitológicas indo-europeias, o que pode indicar uma origem comum de mitos ou de influências pagãs externas. Para muitos estudiosos, essas influências emprestadas de outras culturas e reescritas por clérigos cristãos são erroneamente atribuídas à mitologia viking, e têm distorcido o conhecimento que temos da fé escandinava. O texto também pode ter-se inspirado na observação das catástrofes naturais na Islândia.






loading...

- Jormungand
#ADM Poseidon Na mitoliga nórdica, Jormungand, também chamado de Jörmundgander, é uma criatura monstruosa em forma de cobra gigante. Era conhecida com "A Serpente do Mundo", pelo fato de quando ela se enrolava mordendo a própria cauda, podia...

- Odin, O Senhor De Asgard
Categoria: Mitologia Nórdica   Odin era o grande rei de Agard, o mundo dos deuses Aesir. Era o deus Aesir mais velho e mais sábio. Protetor dos magos, dos andarilhos e dos guerreiros mortos em batalha. E também era o deus da sabedoria. Odin...

- Angrboda
۞ADM Sleipnir Na mitologia nórdica, Angrboda (Angurboda, Angerboda, significado "Aquela que traz a tristeza") é uma giganta, amante do deus Loki e cultuada como a deusa do medo, devido aos seus monstruosos filhos. Ela é era forte, poderosa...

- Odin
۞ ADM Sleipnir Odin, ou Ódin (em nórdico antigo: Óðinn) também chamado de Wotan, é o principal deus da mitologia nórdica e líder dos Aesir. Odin desempenhou um papel central nos mitos sobre a criação e destruição do mundo. Ele era o...

- Fenrir
۞ ADM Sleipnir Fenrir (Fenris ou ainda Fenrisulfr) é um lobo monstruoso da mitologia nórdica. Filho de Loki com a giganta Angrboda, tem como irmãos Jormungand (a serpente de Midgard) e Hel (a Morte). Acorrentado pelos deuses até...



Mitologia








.