Shamash
Mitologia

Shamash


۞ ADM Sleipnir



Shamash (na Acádia) ou Utu (na mitologia suméria) é o deus do sol, associado com a verdade e a justiça. Ele era um dos deuses mais ativos nos panteões mesopotâmicos. Shamash é filho dos deuses Sin/Nanna (lua) e Ningal (cana) e irmão da deusa Ishtar/Inanna. Sua consorte era a deusa Aya (juventude), e com ela Shamash foi pai de quatro filhos: Giru (fogo), Kittum (verdade), Mesharum (justiça) , e Nusku ( luz ).

Como uma divindade solar, Shamash viajava em seu carro pelo céu todos os dias, saindo da grande porta de entrada do Oriente ao amanhecer e entrava na porta de entrada do Ocidente ao anoitecer. Conforme ele viajava através do céu, ele era capaz de ver tudo o que acontecia sob ele, e então julgava as ações da humanidade. Assim Shamash era adorado como o deus da justiça e da sabedoria. Shamash viajava através do submundo durante a noite para fazer o seu caminho de volta para o Portão do Oriente, e durante esta jornada, Shamash também julgava o submundo. Outra ligação de Shamash com a justiça é o Código de Hamurabi, um código de leis que o rei babilônico Hamurabi teria sido inspirado por Shamash a escrever.


Shamash costumava ser representado segurando uma adaga dentada ou serra, simbolizando a justiça incontornável que era exercida por ele, e com raios partindo de seus ombros.Ele também era representado como um disco ou roda, embora às vezes ele aparecia como um rei sentado e segurando um bastão de justiça e um roda da verdade. Na Babilônia, localizada no sul da Mesopotâmia, o símbolo de Shamash era o disco solar, com uma estrela de quatro pontas no seu interior.

Shamash aparece regularmente na Epopéia de GilgameshEnquanto Gilgamesh e Enkidu seguiam em uma missão para matar Humbaba, eles oravam e faziam libações para Shamash todas as manhãs na direção do sol nascente, para que sua viagem fosse segura. Gilgamesh recebe sonhos de Shamash, que Enkidu então interpreta, e em sua batalha contra Humbaba, é o favor de Shamash para Gilgamesh que lhes permite derrotar o monstro. Shamash presenteia Gilgamesh com três armas poderosas que o auxiliam em seus combates.




loading...

- Siduri
۞ ADM Sleipnir Siduri ("mulher jovem", um provável epiteto de Ishtar) é a deusa babilônica da cerveja e do vinho, da folia e também da sabedoria.Também chamada de Sabitu ("Taberneira"), ela é referida na versão babilônica da Epopéia de...

- Gugalanna
۞ ADM Sleipnir Na mitologia mesopotâmica, Gugalanna (lit. "Grande Touro do Céu") ou Gudanna foi uma divindade suméria e também a constelação conhecida hoje como Touro, um dos doze signos do zodíaco. Ele foi o primeiro marido de Ereshkigal,...

- Humbaba
۞ ADM Sleipnir Humbaba (para os assírios) ou Huwawa (para os sumérios) era um gigante e monstruoso demônio presente na mitologia mesopotâmica. Uma criatura de idade imemorial, Humbaba era filho do maligno deus Hanbi, e irmão...

- Ishtar
#ADM Sleipnir Ishtar era uma divindade da Acádia, e deusa mãe importante e amplamente adorada por muitos povos semitas. Os sumérios chamavam-na de Inanna, e outros grupos do Oriente Próximo se referem a ela como Astarte. É cognata também das deusas...

- O Código De Hamurabi
۞ ADM Dama Gótica O Código de Hamurabi (também escrito Hamurábi ou Hammurabi) é um dos mais antigos conjuntos de leis escritas já encontrados, e um dos exemplos mais bem preservados deste tipo de documento da antiga Mesopotâmia. Segundo os cálculos,...



Mitologia








.