Hel (Hela)
Mitologia

Hel (Hela)


۞ ADM Sleipnir



Na mitologia nórdica, Hel (Hela, Halja ou ainda Hell) é a deusa da morte e soberana do Helheim, o submundo nórdico.De acordo com a tradição nórdica, Hel é uma dos três filhos de Loki e Angrboda, a giganta. Seus irmãos são Fenrir, o lobo que irá destruir Asgard durante o Ragnarok, e Jormungand, a serpente Midgard que se encontra no fundo do oceano em volta do mundo com o rabo na boca (é ele que mantém o mundo unido). Seu corpo foi descrito como metade de luz e a outra metade de escuridão. Metade de seu corpo era belo é formoso, a outra metade era pútrida e exalava a morte.


Hel foi banida por Odin para o mundo inferior , localizado nas profundezas do Nifheim, às margens do Rio Nastronol (equivalente ao Rio Aqueronte dos gregos), e foi feita a governante desse lugar. Odin lhe deu o domínio sobre os nove mundos dos mortos que compõem esse mundo chamado Helheim, onde a Deusa decide o destino de todas as pessoas que morreram de doença e da velhice.. Como agradecimento por fazê-la governante do submundo, Hel dá um presente a Odin. Ela lhe dá dois corvos, Huginn e Muninn (Pensamento e Memória). Os corvos são mensageiros entre este reino e os próximos, abrindo caminhos para o reino da morte. 




Seu palácio chama-se Elivdnir (Granizo frio), e as portas de seu reino são guardadas pelo cão de guarda Garnr.Seu reino foi nomeado por ela, Hel ou Helheim. Por ela aceitar todos em Helheim, ela também tornou-se a juíza para determinar o destino de cada alma na vida após a morte. As más almas são banidas para o reino da morte gélida(um destino que os povos nórdicos diziam ser muito pior que um lago de fogo) e tortura. 


Este aspecto particular do reino de Hel era a base para o "inferno" judaico-cristão para o qual os pecadores são banidos e torturados por toda a eternidade. Ao contrário do conceito judaico-cristão, Helheim também serviu como abrigo e ponto de encontro de almas para reencarnar. Hel olha pacificamente por aqueles que morreram pacificamente de velhice ou doença. Ela cuida de crianças e mulheres que morrem no parto. Ela guia as almas que não escolhem o caminho da guerra e da violência através do círculo de reencarnação.




Por causa do papel especial de Hel nas mortes de mães em trabalho de parto e crianças de todas as idades que morrem, ela tornou-se, de acordo com algumas fontes, a guardiã especial das crianças. 

Uma das histórias envolvendo Hel é a chegada de Balder em Helheim. Loki providenciou a morte de Balder, enganando-o em uma competição fraudada. Como o concurso foi organizado em Asgard, Balder não poderia voltar para lá após sua morte. Sua transferência foi feita para o domínio dos mortos, o domínio de Hel, Helheim. Em sua chegada ao Helheim foi recebido com um banquete, provando que nem todo o reino de Hel era torturante. 

Na magia, ela faz um tênue véu entre os mundos. Os Seidhr, ou xamãs nórdicos, invocam a sua proteção e vestem o helkappe, uma máscara mágica, para torná-los invisíveis (como o elmo de Hades da invisibilidade) e capacitá-los a passar pela porta de entrada para o reino da morte e do espírito. Na adivinhação, seu símbolo especial é o Hagalaz (granizo): a personificação do reino gelado que ela governa. Hel está numa encruzilhada no julgamento das almas que passam em seu reino. Nisso, ela está ligada a Osíris e Ísis, assim como Hécate.

Apesar de ser uma deusa neutra (sem tomar partido entre bem ou mal, apenas sendo justa em seus julgamentos), ela foi "demonizada" ao longo dos séculos principalmente pela cultura judaico-cristã, e transformada num ser maligno e horrendo que fica à espreita, aguardando para devorar e torturar as almas perdidas. 






loading...

- Jormungand, A Serpente De Midgard
Categoria: Mitologia Nórdica Jormungand, filha do deus Loki, é uma gigantesca serpente que habita o oceano que rodeia Midgard (a Terra). Por isso é conhecida como Serpente de Midgard. Ela é tão grande que dá a volta na Terra e morde seu rabo....

- Huginn & Muninn
۞ ADM Sleipnir Na mitologia nórdica, Huginn ("pensamento" em nórdico antigo) e Muninn ("memória" ou "mente" em nórdico antigo), modernamente anglicizados como Hugin e Munin, são um par de corvos à serviço do deus...

- Angrboda
۞ADM Sleipnir Na mitologia nórdica, Angrboda (Angurboda, Angerboda, significado "Aquela que traz a tristeza") é uma giganta, amante do deus Loki e cultuada como a deusa do medo, devido aos seus monstruosos filhos. Ela é era forte, poderosa...

- Yggdrasil
۞ ADM Sleipnir Yggdrasil é uma árvore de tamanho colossal, e que representa na mitologia nórdica, o eixo do mundo. Ela ficaria localizada no centro do universo, e a ela estariam ligados os nove mundos, a saber: Midgard (O mundo dos homens), Asgard...

- Hades
۞ ADM Sleipnir Na mitologia grega, Hades é o deus do submundo, da morte e dos mortos. Embora o nome Hades seja muitas vezes usado para indicar o próprio submundo, ele pertence apenas ao deus, cujo reino era conhecido como a Terra...



Mitologia








.